SINDIPI/Notícias/Armadores estão otimistas com a safra da sardinha deste ano

Notícias

Publicado em 16/02/2018

Armadores estão otimistas com a safra da sardinha deste ano

O dia 16 de fevereiro marca o começo da safra de um dos pescados mais populares e consumidos no Brasil. Embarcações de todo o país partem para mais uma safra da sardinha. Aqui na região de Itajaí e Navegantes, municípios onde está localizada a maior frota de barcos de cerco, as embarcações estão abastecidas e prontas para o trabalho em alto mar.

De acordo com o coordenador da Câmara Setorial da Modalidade do Cerco do SINDIPI, Agnaldo Hilton dos Santos, os armadores associados ao sindicato estão otimistas e esperam retomar a produção de anos anteriores.  “Queremos superar o número de captura da última safra, que ficou em torno de 15 mil toneladas. A nossa estimativa para a safra 2018 é de uma produção de 40 mil toneladas de sardinha. É bom destacar, que no ano passado, as condições climáticas atrapalharam o trabalho das embarcações em alto mar e a captura foi frustrante, gerando prejuízos para muitos armadores e também para as indústrias que beneficiam o pescado. Tivemos toda uma cadeia produtiva atingida com a safra do ano passado e agora queremos esquecer o que passou e pensar que esta safra será diferente,”  destaca Agnaldo.

Este ano 65 embarcações associadas ao SINDIPI participam da safra, que segue até o dia 15 de junho. O valor acordado entre armadores, indústria e trabalhadores ficou entre R$1,70 a R$1,90 o quilo. Já o valor de comercialização para o consumidor final depende de cada estabelecimento.

Últimas Notícias

mais notícias